quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Argos Panoptes



Argos Panoptes, o monstro de cem olhos, era o fiel servo de Hera. Era ele quem cumpria as ordens de Hera liquidando quem ela determinasse. Foi ele quem liquidou Equidna, o monstro de natureza terrível que devorava viajantes inocentes, enquanto ela dormia. Também foi ele quem vigiava com seus cem olhos, que nunca dormiam, Io - a amante de Zeus, que foi transformada em novilha.

Recomendado por Zeus - o marido de Hera, Hermes fêz Argos Panoptes dormir e matou-o. Quando Argos morreu, Hera o transformou de monstro a um lindo e exuberante pavão real, com suas penas marcadas pelos olhos de Argos Panoptes, em reconhecimento por suas grandes tarefas cumpridas.

************************

O mito de Argos Panoptes representa os fiéis servidores que cumprem suas tarefas com prontidão e competência, tomando para si a responsabilidade para o bom desenvolvimento do seu trabalho. Argos era incumbido de tarefas que visavam eliminar problemas e ele não se distraia de suas incumbências.

Por sua eficiência, Argos foi reconhecido nas tarefas cumpridas. Assim também devemos reconhecer o esforço e dedicação daqueles que nos servem, que se dedicam a nós, com seu trabalho e sua atenção.


Hera tinha em Argos um aliado que a ajudava nas suas intenções. Assim também, quando necessário, não devemos nos acanhar em pedir ajuda, em compartilhar os nossos problemas. Mesmo nas piores situações, sempre há algo a se fazer. A saída sempre existe, mesmo sendo difícil de encontrá-la. Devemos nos apoiar naqueles que possam nos ajudar a superar nossos pontos fracos.

Também só devemos ajudar a quem pede ajuda para evitarmos interferir demais na vida das pessoas. E quando alguém pedir algo,
só devemos dizer "sim" se realmente estivermos dispostos e em condições de atender ao pedido. Não devemos nos culpar quando não podemos atender.



Um comentário:

Agradeço os seus comentários, críticas e sugestões

Related Posts with Thumbnails

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.

Seguidores

Minha lista de blogs

Postagens populares